O que são os tão falados parabenos? Por que devemos nos preocupar com eles?

parabenos1

Já ouviu falar de Parabenos? Está se perguntando se esses compostos presentes em cosméticos e produtos de uso pessoal são tóxicos para seu corpo? Quais os riscos corremos ao entrar em contato com essas substâncias?

Esse post vai explicar direitinho o que são parabenos, onde os encontramos e por que devemos evitá-los.

via: Escolha Natural

O que são Parabenos?

Parabenos são largamente utilizados como conservantes em quase todos os tipos de cosméticos e produtos de higiene pessoal. São produtos químicos sintéticos (isto é, fabricados) com capacidade solventeantibacteriana e antifúngica.

As variações desse conservante utilizadas mais comumente em cosméticos são: metilparabeno, propilparabeno, butilparabeno e etilparabeno. Normalmente, os rótulos dos cosméticos industriais listam mais de um tipo de parabeno e são freqüentemente usados ​​em combinação com outros tipos de conservantes.

Onde podem ser encontrados?

Parabenos são usados ​​em uma grande variedade de cosméticos, bem como em alimentos e medicamentos. Cosméticos que podem conter parabenos incluem maquiagens, hidratantes, desodorantes, esmaltes, loções infantis, produtos para o cabelo, perfumes, tinta para tatuagens e até mesmo cremes de barbear.

Parabenos fazem mal para a saúde?

Existem estudos indicando que os parabenos imitam hormônios femininos, como o estrogênio. Isto é, eles podem atuar como disruptores do sistema endócrino.

A presença dessas substâncias pode ser um fator contributivo no câncer de mama devido à sua capacidade de imitar o hormônio feminino, que é conhecido por impulsionar o crescimento de tumores mamários.

Um estudo da Universidade de Reading, na Inglaterra, analisou  amostras de tecido de mulheres diagnosticadas com câncer de mama que foram submetidas a mastectomia. Os cientistas descobriram que 99% das amostras de tecido continham pelo menos um tipo de parabeno! E ainda que 60% das amostras tinham pelo menos cinco!

Outros estudos (Oishi S) associaram parabenos a efeitos negativos no sistema reprodutivo masculino. Em testes com ratos, a produção diária de esperma de todos os grupos que recebem propilparabeno diminuiu significativamente.

Em um dos estudos, o grupo que recebeu a dose mais alta de butilparabenos teve uma queda de 41,8% na contagem de esperma. Os pesquisadores concluíram também  que a concentração de testosterona nos ratos diminui de forma dependente da dose.

A ingestão diária de butilparabenos que causou esses efeitos é semelhante ao menor nível de ingestão diária aceitável para parabenos na Comunidade Européia e no Japão.

A tabela abaixo apresenta as notas das variações mais comuns dos parabenos, de acordo com o relatório do EWG – (Environmental Working Group):

PARABENOS NOTA EWG RISCO
Metilparabeno 4 Moderado
Propilparabeno 7 Alto
Etilparabeno 4 Moderado
Butilparabeno 7 Alto
Isobutilparabeno 7 Alto
Benzilparabeno 2 Baixo

O uso de Parabenos é permitido?

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabeleceu como limite, para produtos de higiene pessoal e cosméticos, as concentrações máximas de 0,4% para cada parabeno e um máximo de 0,8% para o total de parabenos.

Nos Estados Unidos, o Food and Drug Administration (FDA), do Departamento de Saúde e Serviços Humanos do governo americano, não tem restrições ou regras especiais que se aplicam a esses compostos.

Na Europa, seu uso é restrito, sendo algumas variedades proibidas (isopropilparabeno, isobutilparabeno, fenilparabeno, benzilparabeno e pentilparabeno) e outras permitidas com limitações (propilparabeno e butilparabeno).

paraben_la_gi

Nomes encontrados nos rótulos de produtos:

Parabenos geralmente são fáceis de identificar por seu nome:

Methylparaben, Propylparaben, Butylparaben, Ethylparaben.

Em português: metilparabeno, propilparabeno, butilparabeno, etilparabeno.

Procure por Paraben  (em inglês) ou Parabeno (em português).

Se encontrá-lo em alguma composição, evite esse produto!

notamulherterra

Nos oceanos…

A importância da vida marinha e sua preservação já é tecla batida. Muito sabemos, porém pouco fazemos. Todos os componentes dos cosméticos vão parar nos ambientes aquáticos (lagos, rios, mares e oceanos) praticamente inalterados, já que simplesmente escorrem pelos ralos de nossas casas.

Uma tese de doutorado defendida recentemente pela Drª Mariângela Spadoto, pela USP concluiu que os parabenos  representam risco ecológico potencial para os ambientes aquáticos, embora a sua sensibilidade varie entre as espécies marinhas, já que sua entrada nesses ambientes é contínua.

Cosméticos naturais: livres, leves e soltos!

A importância de consumir e alimentar nossa pele com biocosméticos já foi mencionada nesse post aqui. Adicionando essa rica informação que recebemos, estamos ainda mais munidos para escolher com consciência e inteligência.

Perceba-se e sinta-se em unidade com nosso planeta e todos os seres que nele vivem.

Perceba que tudo volta pra você, pois a Natureza funciona num ciclo perfeito.

Escolha bem que seu corpo e todos os outros agradecem! ❤

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: